Pular para o conteúdo principal

Até onde chega o descrédito da classe medica brasileira




Ontem em conversa com minha filha ela narrou um fato recente ocorrido no hospital. Disse, que enquanto seu professor medico examinava uma paciente a sala é invadida por outra paciente dele, grávida e aos berros, acusando o médico de irresponsável por não ter realizado nela uma cerclagem, já que ele em exame do dia anterior havia constatado, que ela corria o risco de ter o filho prematuro. Ela alegava, que conversando com a vizinha a mesma informou, que medico deveria ter realizado a cerclagem para prevenir o nascimento prematuro do bebe.

A situação que minha filha via era a de vulnerabilidade do medico porque para aquela situação não era indicado uma cerclagem, mas a vizinha disse que sim e foi o suficiente para a paciente explodir e fazer o escândalo que fez até o medico fazer a cerclagem que é uma sustentação do colo do útero com pontos, a grosso modo falando.

Já da minha parte eu pensava: que medicina desacreditada. Médicos sem a menor chance de defesa, pois a sua palavra diante de uma vizinha não tem a menor credibilidade. A mulher na tentava de salvar a vida do filho, bateu até no porteiro e obrigou ao medico a fazer um procedimento. Vejam a que ponto chegaram. Fico pensando onde tudo isso começou, será que foi com a brincadeira dos medicos de fabricar dedos de silicone para burlar o plantão? Ou será que ela soube recentemente – 2017 - Vítima de erro médico tem órgão retirado no lugar de cirurgia de hérnia http://www.revistacobertura.com.br/…/vitima-de-erro-medico…/




Comentários