A dor, bendita dor





Na cola do dr. Lair Ribeiro. Meu programa é retirar o ambiente do câncer. Então sempre ligada em leituras e preparando meus alimentos o dia inteirinho.

O tratamento medico (que não vale nada) foi estabelecido: semanalmente eu tomaria:
Taxol intercalando avastin com o zometa durante três meses e então, daria uma pausa para fazer novos exames e constatar a piora, porque melhorar com esse protocolo não se tem chances. Deveria ter findado em maio/2017 as quimios mas, até o presente momento 06/08 fiz apenas três.  

Primeira semana eu melhorei sim, não vou mentir. Melhorei 100% por causa do comprometimento das metástases em meu corpo. A maioria dos médicos concorda que a quimioterapia é ineficaz para a maior parte dos tipos de câncer. Apesar disso eles a usam porque são forcados pela Anvisa que tem um acordo com os lucros da industria farmacêutica. Mas no meu caso, que estou bastante comprometida, veja abaixo os exames de imagem, então ela será benéfica mesmo assim, eu a uso com parcimônia. 


 


Veja abaixo a lista do que foi capitado nos primeiros exames de imagem: ressonância da coluna cervico-toracica e do crânio, cintilografia óssea, tomografia do tórax e do abdome total,  quadris e coluna lombar.

Vamos aos resultados:
Lesões metastáticas na coluna cervical , torácica, lombar sacro ilíacos, femures
Estenose do canal vertebral T6 e T7 secundario
Espondilose e discopatia degenerativa cervical e torácica difusa
Abaulamento discal  em C5-C6 e C7, L4 e L5
Abaulamento discal   e  hérnia discal paramedia direita T8 e T9
Lesões escleróticas secundaria a doença base  na coluna lombar  destacando-se  L2, L3, L5 , S1 e D12
Formação de massa intrarraqueana
Alterações  para crânio, esterno, úmero direito, gradeado costal, coluna vertebral, bacia e nos fêmures varias áreas.
Esclerose óssea e heterogeneidade  do esterno, de corpo vertebral na transição cervicotoracica.

Análise do fígado:
Nota-se duas imagens  hipodensas de nódulo hepático sugestivo de neoplasia secundaria a doença base, uma mede 2,1 cm e a outra 1,9 cm. Existe pequena imagem hipodensa mal definida medindoo 0,7 cm inespecífica por seu tamanho pequeno.

Imediatamente após o diagnóstico iniciei a fosfoetanolamina através do Calcium da EAP comprado em Portugal. Três comprimidos ao dia durante três meses.  Só no finzinho da última caixa, usei tomar junto com o  óleo de coco.



Mas houve um resultado bastante positivo confirmado no exame de PET SCAN. Abaixo vejam o resultado do pet para o figado:

Nova análise do fígado cinco meses depois:

hepatomegalia, evidencia-se múltiplas imagens nodulares hipodensas e hipermetabolicas difusamente distribuídas em ambos os lobos hapáticos, de difícil mensuração em estudo sem contraste (SUVmax:12,8).

mas o medico disse que no resultado do exame abaixo o figadota pior. Eu disse, doutor o senhor pode me dizer se essas images nodulares terão forca para virar tumor? Explique-se homem!!! Ele disse nada. hoje pela manha minha filha terá aula de onco e eu pedi que pedisse ao seu professor para avaliar, vamos ver porque com médico nós temos que andar de olhos bem abertos. O que ele não quer é admitir que a fosfo tenha feito algum efeito positivo.

Para ampliar o exame abaixo dê dois cliques em cima




COMO AGEM OS CONTRASTES

Posso ta errada. Completamente errada, mas da minha experiência se depreende a seguinte ordem:
Estava eu boa, normal, levando uma vida comum, de repente senti uma dor aguda que persistindo, procurei um médico para prescrever os exames. Tomei contrastes. Cinco exames. Uma bomba atômica explode dentro de mim. Glicose que alimenta as metástases. As dores começam a aparecer. Dores provenientes dos efeitos colaterais dos contrastes. Dores que eu, como todos que passam por essa situação, desconhecemos. Não associamos aos contrastes. Alguns até pensam que chegou o fim. São as temidas dores do câncer, assim concluem e votam aos médicos. Eu voltei ao medico para falar da dor.

COMO AGEM OS MÉDICOS

Os médicos prescrevem morfina. Ta bem, que são os mais leves. No meu caso, assim que cheguei com dores na clínica, o medico fez duas prescrições: uma foi para dipirona na veia e a dor passouu imediatamente e a outra foi DIMORFE

Gosto de saber tudo o que ocorre. Pesquiso tudo, checo até a exaustão e desconfio de todos: clinicas, enfermeiros, técnicos, médicos, remédios, lixeiro, seguranças e plano de saúde. 

Chequei as prescrições: morfina com o nome de codeína e dimorfe. Resolvi não tomar. E quando a dor estava ao nível maior optei por fazer uso do dorflex e advil. Quando a dor tava insuportável eu ia para a emergência do Emec  e o medico seguia a minha orientação: dipirona na veia.

Assim eu fui conhecendo a dor. A dor já não me surpreende hoje. É  isso aí, é ter um diálogo com a dor. É ser forte o suficiente para viver a dor, a dor tão necessária aoo nosso adiantamento moral e espiritual, mas que desacreditamos. É não recorrer aos remedios. Ela vai passar. Ela há de passar. Use um dorflex. 

Morfina como todo analgésico, lesa o rim. A morfina pode deixar o usuário dependente precisando de doses cada vez maiores. A sua falta causa a síndrome da abstinência, tendo inúmeros efeitos: náuseas e vômitos, diarréia, cólicas intestinais, lacrimejamento, corrimento nasal, calafrios, cãibras musculares, tremores, ansiedade, hipersensibilidade a dor, dores abdominais, lombalgia, dores no tórax e nos membros inferiores, perda de consciência, fraca oxigenação no sangue, queda da pressão arterial, que se não for socorrido rapidamente pode levar a morte.

No meu quarto, dormindo porque ela causa sono, eu teria uma dessas complicações e morreria, não de câncer, mas de covardia por ter tanto medo da dor?
Em 1874 a substância entorpecente de nome heroína, foi desenvolvida a partir da morfina.

O tratamento da dor segue as diretrizes da OMS (Organização Mundial de Saúde), com ajustes necessários conforme cada caso clínico.




2 comentários:

  1. Eu tentei fazer o per sem contraste mas o médico me disse que não podia precisar o resultado e acabei autorizando.

    ResponderExcluir
  2. Wil eu também me poupo dos exames de imagem. Eu me baseio da seguinte forma: estou bem? Sim. Estou sentindo-me cansada? Não. Então não terá exame, apenas de sangue.

    ResponderExcluir

Deixe o seu endereço eletrônico pra que eu possa enviar resposta.