Terrivelmente não é a palavra ideal

Eu estou terrivelmente bem. As dores diminuíram 90%. Estou há um mês do Calcium EAP, três comprimidos ao dia. 

Todas as manhã ponho menos de uma gota de avelós em um copo com aguá e bebo.

Ainda pela manhã misturo o sumo da metade de um limão em um copo com aguá, com bicarbonato de sódio (uma colher de chá rasa) e bebo.

Retirei da minha alimentação tudo o que pode ser transformado em glicose, como massas e batata. Vou postar uma lista abaixo.  Para adoçar suco e café eu uso açúcar de coco e adoçante Stevia .

Incrementei minha alimentação. Não deixei de comer nada, pois essa lista sempre foi mínima e bem selecionada na minha vida. Por exemplo, troquei o sal por sal rosa e o macarrão por uma massa sem glúten e o cozimento al dente, mas eu sempre gostei al dente. 

Recebo o passe quase todos os dias e a água fluidificada. Eu acredito muito nessas energias sutis. Estudo o espiritismo há mais de 30 anos. Acredito em preces e orações e peço a todos: orem por mim. O medo que eu não tenho da doença e nem da morte também contribui. Tenho um trabalho social e não parei de fazê-lo, apenas diminui a intensidade.

A dedicação da equipe medica e seus auxiliares,  bem como a manifestação dos verdadeiros amigos e o apoio da familiares.

Da mesma maneira que dizem que a doença é uma somatização (embora eu não encontre respaldo) o que favorece a melhora, também é uma somatização.

Espero realizar novos exames de imagem para entender porque fiquei tão melhor.

Depois de uma grave dor no quadril fui atendida na emergência do Hospital Memorial, no Recife, e passei uns dias em cadeira de rodas para me preservar, até a situação ser resolvida.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu endereço eletrônico pra que eu possa enviar resposta, porém as que não forem encaminhadas é porque os endereços escrito as pressas oou sem cuidado, estao errados