Voltando de mala e cuia


...pois é companheiros e companheiras que abandonei por tantos anos... mas como diz o velho e bom ditado, quem ta vivo sempre aparece.  

Volto a fazer companhia aos que padecem kkkkk depois eu troco essa palavra.

Volto ao verdadeiro tumor chamado $ $$$$ cifras, leis de mercado. Perdição da humanidade.

Volto com metástases instaladas na cervical, lombar, torácica, quadril e fígado, mas isso não faz medo não, medo eu tenho dos tumores humanos que exalando terríveis odores quando perambulam de jaleco nas clínicas e hospitais.

Atualmente comprei esse livro:




Mas desejo adquirir esse outro:

     
Nesta obra, Peter Gøtzsche expõe a indústria farmacêutica e seus comportamentos fraudulentos tanto na pesquisa como no marketing, em que o desrespeito moralmente repugnante por vidas humanas é a norma. Sempre utilizando-se de provas, Medicamentos mortais e crime organizado aborda uma falha geral do Sistema, que precisa de reformas radicais urgentes.

Quem é o autor:
Peter Gøtzsche Médico internista. Mestre em Biologia e em Química. Trabalhou com ensaios clínicos e assuntos regulatórios na indústria farmacêutica entre 1975 e 1983 e em hospitais em Copenhagen entre 1984 e 1995. Foi cofundador da Colaboração Cochrane em 1993 e fundou o The Nordic Cochrane Centre no mesmo ano. É professor de Delineamento e Análise de Pesquisa Clínica na University of Copenhagen. Publicou mais de 50 artigos nos "cinco grandes" (BMJ, Lancet, JAMA, Annals of Internal Medicinee New England Journal of Medicine), com trabalhos científicos citados mais de dez mil vezes.

Indice
(clique no índice para te acesso a leitura do livro)


Capítulo 1. Introdução 
Capítulo 2. Confissões de um informante
Capítulo 3. Crime organizado, o modelo de negócios das grandes empresas farmacêuticas
Capítulo 4. Poucos pacientes beneficiam-se dos medicamentos que ingerem
Capítulo 5. Ensaios clínicos, um contrato social rompido com pacientes
Capítulo 6. Conflitos de interesse em periódicos médicos
Capítulo 7. A influência corruptora do dinheiro fácil
Capítulo 8. O que milhares de médicos fazem na folha de pagamento da indústria? 
Capítulo 9. Venda agressiva
Capítulo 10. Regulação impotente de medicamentos
Capítulo 11. Acesso público aos dados em agências de medicamentos
Capítulo 12. Neurontin, um medicamento para epilepsia e para tudo
Capítulo 13. Merck, onde os pacientes morrem primeiro
Capítulo 14. O fraudulento ensaio celecoxibe e outras mentiras
Capítulo 15. Trocando medicamentos baratos por caros nos mesmos pacientes
Capítulo 16. A glicose sanguínea estava bem, mas os pacientes morreram 
Capítulo 17. Psiquiatria, o paraíso da indústria de medicamentos
Capítulo 18. Levando crianças ao suicídio com pílulas da felicidade
Capítulo 19. Intimidação, ameaças e violência para proteger as vendas
Capítulo 20. Demolindo os mitos da indústria
Capítulo 21. O fracasso geral do sistema clama por uma revolução
Capítulo 22. Rindo por último das grandes empresas farmacêuticas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu endereço eletrônico pra que eu possa enviar resposta, porém as que não forem encaminhadas é porque os endereços escrito as pressas oou sem cuidado, estao errados