Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril 1, 2013

(...) 'médico, que vê o paciente como um mero cliente"

A relação médico-paciente e o dever de informar - Revista



Relação médico-paciente

"A partir do momento em que se admitiu que os pacientes são entes morais autônomos, capazes de tomar decisões, distinguir o que é bom e o que é mau para si, a relação médico-paciente, por se tratar de um encontro interpessoal, deixou de ser acidentalmente conflitiva para ser essencialmente conflitiva.
4.O dever de informação no Código de Ética Médica Se o Código de Ética Médica fosse cumprido à risca, a relação médico-paciente seria perfeita. Já o Capítulo V do Código de Ética Médica cuida da relação dos médicos com os pacientes e seus familiares.É possível extrair de referido capítulo que a principal atitude antiética do médico é o desrespeito ao direito do paciente de decidir livremente sobre o tratamento que a ele é proposto. No art. 56 [07] encontramos dois elementos importantes para a sustentação da relação médico-paciente, quais sejam, o princípio da autonomia do paciente e o princípio da informaçã…