Pular para o conteúdo principal




Artigos

Indústrias farmacêuticas "enganam"
as publicações médicas

Comparação entre métodos holísticos
e os métodos convencionais
Conhecimento aumenta — a saúde diminui
Corrupção na medicina moderna
Crise na medicina
Cuidados da saúde num mundo enfermo
Declaração de ALMA-ATA
Engodo da AIDS, o comércio com o coração,
a procriação e o
câncer
Evolução da medicina
Fluoreto para controle populacional?
Iatrogenia
Jogando com a saúde
Limites da medicina
Medicina em excesso?
Medicina integral
Notícia do Baltimore Sun — O médico do ano 2092
O que os médicos não lhe contam
Outra visão da saúde
Procura-se novos pacientes
Revisão do juramento médico

Saúde: o que significa?
Transfusões de sangue supervalorizadas
Breves

Transplantes
Pode ser retalhado o ser humano?
Riscos dos xenotransplantes
Transplante de órgãos
Turista alemão declarado morto: Queriam tirar seus órgãos, mas ele se curou!

Medicamentos
Antibióticos - até quando?
Drogas farmacêuticas e as mortes que provocam
Fizemos o melhor possível!
Indústria farmacêutica e o Terceiro Mundo
Intoxicação com metais pesados
Medicamentos: bênção ou maldição?
Melhor uso de medicamentos
Novos medicamentos
Quebrando o hábito de usar antibióticos
Suíça: 90% dos bezerros recebem antibióticos
Vamos utilizar os medicamentos de forma razoável!
Breves



Artigos

Alerta sobre a mamografia
Alimentos que combatem o câncer de mama
Câncer - como evitar e combater
Guerra contra o câncer
O que é o câncer?
Organismo humano
Política do câncer
Riscos básicos do câncer
Breves

Home

Loja

Publicações

Biblioteca

Agroecologia

Alimentação

Câncer

Comer cru

Defesa dos animais

Dicas

Estilo de vida

Fumo

Hiperatividade

Medicina em crise

Meio ambiente

Outra visão da AIDS

Rumos da ciência

Saúde dos dentes

Saúde mental

SMI

Terapias

Vacinas

Vegetarianismo

Violência

Comentários

  1. Aqui na região norte fluminense(RJ)o avelós é utilizado como cerca viva- nas estradas de acesso às prais, às roças...e a conhecemos pelo nome de GAIOLINHA.Acho que se tornar publico os vários nomes q essa planta tem,as pessoas veriam a facilidade de encontrá-la e não ficar à mercê de espertalhões.

    ResponderExcluir
  2. Olá, alguém sabe como ministrar essa planta? como devo diluir e qual a dose diária?

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. As vezes também sinto um leve incomodo. Dilua em mais água, deixando a dose mais fraca, se persistir, coma alguma coisa.

      Excluir
  4. Bom dia, como preparar a planta ou onde comprar as gotas?
    Tem mudas à venda no ML.
    Grato
    Gian
    giancarlopellizzari@hotmail.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe o seu endereço eletrônico pra que eu possa enviar resposta.