Dois Chats da ABRALE: Nutrição durante o tratamento de quimioterapia e Câncer causa depressão?



17:15:13 - Bebida alcoólica deve ser evitada durante o tratamento de câncer?

17:18:41 - convidado : Independentemente de estarmos ou não doentes, devemos evitar de ingerir bebidas alcoólicas. Prefira sucos naturais que são ricos em vitaminas e minerais. Dessa forma, você estará contribuindo em muito para melhorar a sua saúde.

17:19:22 - : Boa tarde!! Existe algum tipo de dieta que ajuda a evitar os enjôos e lesões na cavidade oral?

17:24:24 - convidado : não existe uma regra, devemos considerar cada pessoa individualmente. Você poderá de início evitar aqueles alimentos que você não tolera além de considerar o modo de preparo. Quanto a lesão (mucosite?), pois pela descrição pode ser isso, você deverá evitar os alimentos ácidos, salgados, além de fazer um acompanhamento com seu médico para amenizar e curar essa mucosite.

17:25:09 -: Com a finalização do tratamento, QT, Radio, podemos nos alimentar de tudo, ou há restrições?

17:30:43 - convidado : Devemos ter sempre o conceito de alimentação saudável em qualquer momento de nossas vidas. Devemos fazer uma dieta (alimentação) com alimentos naturais e evitarmos ao máximo alimentos de prateleiras, ou seja, alimentos de supermercados, industrializados, por conta de todas as substâncias químicas que são adicionadas no momento de sua fabricação, é por isso que eles duram tanto tempo.

17:32:34 -: Estou fazendo quimio e engordando muito. Será que posso tomar algum remédio para queimar gorduras? como por exemplo quitosana?

17:42:50 - convidado : Como profissional nutricionista eu não aprovo esse tipo de conduta para perda de peso, pois seria mais uma agressão para o seu organismo. Você deverá procurar seu médico especialista, pois provavelmente o tratamento bem como alguns medicamentos a base de corticóides retém líquidos no organismo e, dessa forma devem estar mascarando seu peso. Aconselho juntamente com acompanhamento médico fazer também com nutricionista especializado.

17:44:16 - pergunta para : Depois da QT parei de tomar os suplementos, e percebi que não consigo ganhar peso, apesar de ter uma alimentação equilibrada e fazendo as 6 refeições, em quantidade que fico satisfeita, e não engordo!

17:50:59 - convidado : Acho imprescindível você fazer uma consulta com um nutricionista especializado, pois fazemos uma anamnese alimentar do paciente, além de toda uma avaliação antropométrica ( peso, estatura, medidas de pregas, etc ), análise bioquímica (leitura de exames) e, depois de todo esse processo, temos um diagnóstico fidedigno do seu estado nutricional. Dessa forma, faremos uma dieta que atenda suas necessidades energéticas e de nutrientes, além também de dicas de preparações culinárias mais calóricas e protéicas.

17:51:22 - fala para convidado: quais os alimentos importantes no periodo da quimioterapia?

17:55:42 - convidado : É preciso fazermos uma avaliação completa como acabei de explicar anteriormente. Geralmente, como os pacientes na sua maioria ficam muito debilitados nutricionalmente, em risco ou mesmo desnutridos, é preciso ter uma alimentação muito saudável, rica em proteínas e hipercalórica (no caso de desnutrição).

17:56:08 - Estou fazendo quimio, minha boca está ficando muito ferida e estou tendo dificuldades para comer, preferindo assim alimentos mais líquidos, quais alimentos são melhores?

18:00:57 - convidado : Você deverá fazer uma alimentação na consistência pastosa: arroz papa, caldo de feijão, cremes para acompanhar preparações com carne bem cozida, desfiada ou mesmo com veduras e legumes, gelatinas, pudins, arroz doce etc., esses são alguns exemplos, além de evitar alimentos ácidos, ricos em sal, e nas preparações culinárias usar pouco sal.

18:01:20 - por que os alimentos crus devem ser evitados???

18:05:11 - convidado : Desde que os alimentos estejam bem higienizados, eles podem ser consumidos com segurança. Adquira o hábito de usar produtos para fazer a desinfecção das frutas e hortaliçãs(verduras e legumes). Geralmente, deve-se evitar nos casos de transplante de medula óssea, ainda assim, podemos nesta condição, consumirmos por exemplo frutas de casca grossa, como por exemploo melancia, desde que com toda técnica de higienização.

18:06:14 - Durante a quimio eu tinha um bom apetite, tudo era bom, até alface. Uma amiga teve cancer ao memso tempo que eu, agia diferente, não comia. Porque há essa divergencia? E até que ponto a falta de apetite pode atrapalhar, e o que fazer para estimular o apetite?

18:14:53 - convidado : Pode atrapalhar no sentido de debilitar ainda mais o paciente, pois por si só a doença de câncer, não importa qual o tipo, é altamente catabólica, ou seja, consome muita energia do paciente, contribuindo para que ele fique ainda mais desnutrido. Assim, é imprescindível também, fazer acompanhamento com um profissional nutricionista para uma dieta quali e quantitativamente adequada nutricionalmente que atenda as necessidades do paciente para evitar ou mesmo recuperar seu estado nutricional.

18:15:00 - moderador : O chat está encerrado, obrigado a todos que participaram. Algumas perguntas não puderam ser respondidas por falta de tempo, para isso peço que encaminhem suas dúvidas para abrale@abrale.org.br .



Chat com a Dra. Sara – Dia 28 de outubro de 2010

Tema: Câncer causa depressão?

Total de pessoas que participaram: 34 usuários

Limite permitido na sala: 40 usuários

Duração: 1h30 (13h30 às 15h)

Perguntas respondidas: 15

Perguntas não respondidas por falta de tempo: 0

Convidada: Dra. Sara Mota Borges Bottino, coordenadora médica da
Psiquiatria do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, médica assistente da
Universidade Federal de São Paulo.

Moderador: Miguel Mod

Estado: São Paulo

Histórico

Seja bem-vindo ao Chat!

moderador : CHAT ABRALE: Câncer causa depressão? Convidada: Dra.
Sara Mota Borges Bottino, coordenadora médica da Psiquiatria do Instituto do
Câncer do Estado de São Paulo, médica assistente da Universidade Federal de
São Paulo.

moderador : Horário: 13h30 às 15h

convidado : Convidado 'convidado' entrou na sala.

moderador : Aproveitem para enviarem suas dúvidas!

moderador : Boa tarde a todos! Vamos dar início ao chat ABRALE.

moderador : Convidada de hoje: Dra. Sara Mota Borges Bottino,
Coordenadora Médica da Psiquiatria do Instituto do Câncer do Estado de São
Paulo, Médica Assistente da Universidade Federal de São Paulo Mestrado e
Doutorado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de São Paulo.

moderador : Seja bem vinda dra. Sara.

Ma Silva pergunta para convidado: A pessoa com câncer, como fica a
questão da relação sexual? é normal as vezes não ter vontade nenhuma?convidado : é normal de vez em quando não ter vontade de ter
relação sexual. Os tratamentos do câncer podem tambem interferir com a
disposição porque causam fadiga. A depressão também interfere com o desejo
sexual, e podem reduzir a vontade de ter relações sexuais.

13:33:44 -

Silva : Dra. minha irmã tem leucemia linfoide aguda ph+ fez o
tratamento e em um mês teve uma recaída, ela aparentemente estava com a
cabeça boa, mas acho que está doente pois não tem força para fazer nada. É
normal?

13:36:31 -

convidado : A recaída é uma situação tão difícil ou mais difícil do que
receber o diagnóstico de câncer. As pessoas reagem de forma diferente, porém
a sensação de ameaça retorna. Está aparentemente bem pode ser um esforço
para lidar com esse momento tão difícil. Está sem forças pode ser um sintoma
físico mas também psíquico "vou ter que passar por isso tudo de novo, não
tenho forças", Desânimo quando acompanhado falta de prazer e interesse pode
indicar também sintomatologia depressiva e não é "normal" é doença.

13:40:37 -

moderador : Tema de hoje: Câncer causa depressão?

13:40:40 -

Adriana : Dra. Boa Tarde! O que podemos fazer para não cair em
depressão, durante o tratamento e depois? Pq fico péssima na semana dos
exames de acompanhamento.

13:41:14 -

convidado : Nessa situação específica vc pode tentar usar o que já
vivenciou antes - ou seja, eu já sobrevivi a outras situações, então posso
enfrentar essa. As vezes os fatores biológicos e o papel das terapias para o
tratamento do câncer tornam impossível evitar um quador depressivo, mesmo
que os pacientes estejam enfrentando bem, porque ocorre um desgaste físico e
mental - depleção de neurotransmissores cerebrais que mantém o humor
elevado, o "alto astral".

13:44:13 -

Mari fala para convidado: meu pai está com cancer... descobrimos em
janeiro desse ano... as vezes sinto q ele fica meio pra baixo, só quer ficar
deitado... isso seria sinal de q ele está com depressão?

13:45:18 -

convidado : Sim, esses sintomas podem indicar um quadro
depressivo. Vontade de ficar na cama mais do que o habitual e humor
deprimido - o que vc falou como "ficar para baixo". Tristeza vem e vai,
depressão vem e fica. Interfere com a capacidade de desfrutar de coisas
simples como um programa de TV e dar risadas, ou o interesse no que está
acontecendo em volta (da família, por ex.).

13:47:39 -

moderador : Cadastre-se na ABRALE e tenha acesso aos nossos
materiais informativos, conteúdos, receba nossa revista, saiba dos eventos,
apoio jurídico e psicológico. Para solicitar seu cadastro ligue gratuitamente para
0800-7739973

13:47:52 -

: Tristeza e depressão pode levar a doença maligna?

13:49:14 -

convidado : Tristeza edepressão pode indiretamente fazer com que as
pessoas percam o interesse pelo autocuidado. Piora o sono, inibir o apetite. O
aumento da procura de alívio para tristeza e depressão aumenta o consumo de

13:57:41 -bebidas alcólicas e fumo (aumentarm). Pode também fazer com que esqueçam
de tomar remédios, adiem a procura de médicos, principalmente adiar a
realização de mamograifas e exames preventivos. Auto-depreciação se associa
a tristeza e depressão e as pessoas não se cuidam. Existe também um efeito
dos sintomas depressivos em circuitos neurais que participam da resposta
imune e podem ter um efeito supressor, mas isso não acontece isoladamente.

treza : tive linfoma ha 13 anos, na epoca superei com tranqüilidade.
Pergunto se é comum entrar em depressao anos apos superar a situação?

13:59:48 -

convidado : A depressão é uma doença que ocorre em uma em cada 4
mulheres, independente de está em tratamento oncológico. As condições
biológicas, como menopausa, uso de medicaçôes para hipertensão e o papel
dos estressores sociais- como separação, morte, desemprego e violência social,
e para nós mulheres, sobrecarga - trabalho e cuidado com a família, são
condições as quais estamos submetidos. No seu caso, se o que lhe perturba são
as conseq"uencias do câncer, ou o medo da recorrência constante, esses
fatores vão repercutir na saúde mental, em qualquer época da sua vida.

14:05:30 -

Mari fala para convidado: Ele diz q não ve resultado nos tratamentos..
e acho que isso está deixando ele mais abatido... na verdade, ele não sabe o
que se passa de verdade... como devo agir?

14:06:40 -

convidado : Acho que não saber o que se passa pode criar
expectativas, dúvidas que podem deixá-lo inseguro. Acho que cabe uma
pergunta - qual resultado que ele gostaria de ter? Saber os tratamentos que ele
está fazendo e como ele pode ajudar, cuidando melhor da alimentação,
tomando os remédio, dividindo a sua angústia com os familiares e médico, que
tem o maior interesse nos resultados do tratamento pode tornar as suas
expectativas mais realistas e valorizar os ganhos que o tratamento pode
proporcionar.

14:10:38 -

moderador : A ABRALE e o Instituto Espaço Guia oferecem assistência
psicológica gratuita em São Paulo e Porto Alegre. Mais informações (11) 3149-
5190.

14:10:45 -

KátiaAssis fala para convidado: Desejo uma otima tarde a todos,
nossas boas vindas a Dra Sara, sou de Brasilia, sou também da enfermagem e
recentemente fiz um TMO ai mesmo em SP, sou uma pessoa com auto estima
elevada, até não so pq me sinto assim, mas também porque as pessoas dizem,
porém em dados momentos me sinto só, as vezes infeliz, triste, tenho vontade
até de chorar, mas começo imediatamente a pensar em coisas boas, momentos
que vive, e em primeiro lugar agradecer a Deus por tudo que tenho, familia,
filhos, esposo, pai, mãe, irmãs, até a vida financeira estável e logo isso foge do
meu pensamento, digo, a tristeza vai embora, será que posso ter algum
momento de depressão passageiro, ou a fibromialgia que tenho ajuda a
contribuir para esta impressão de estar um pouco deprimida?

14:21:14 -

convidado : Kátia que bom receber sua mensagem carinhosa e puder
retribuir muito do que vc já ofereceu como profissional de saúde. O seu
transplante é recente, certo? Então ter que lidar com as mudanças na sua vida,
talvez não poder trabalhar, não é fácil. Ter que sorrir e estar animada porque
as pessoas esperam isso de você... E não encontrar alguém para dizer "puxa
vida que difícil, estar desse lado, o de paciente, fazendo tratamento tão

14:22:14 -arriscado... Podem ser sentimentos de solidão, que causam muita tristeza. A
intensidade dos sintomas quando avaliamos em uma consulta nos orientam
melhor. Sintomas como incapacidade de sentir prazer, fazer planos para o
futuro - quais são seus planos para o ano que vem? A fibromialgia é um fator
de risco para depressão, sim! Porque dor aumenta a chance de ter depressão,
quando não é adequadamente tratada.

: A depressão é pela doença, ou efeitos dos remédios da quimio?

14:23:24 -

convidado : Você mencionou dois mecanismos biológicos que
aumentam o risco para depressão. O papel das citocinas inflamatórias que
estão aumentadas em resposta a proliferação de células do câncer e o uso de
quimioterapia, a radioterapia também, e a hormonioterapia (tamoxifeno) tem
efeitos "depressores" no SNC, e aumentam o risco de sintomas depressivos.

14:26:31 -

KátiaAssis fala para convidado: Tenho alguns conhecidos que
passaram por Transplante de Medula, antes da TMO tinham um
comportamento, e hoje segundo eles se sentem mais fragilizados que antes,
isso pode ser um indicio de depressão?

14:27:53 -

convidado : Eu posso entender que fragilizado significa que passei por
uma situação em que tive a sensação de que podeira morrer. Essa sensação me
tornou mais humando, sinto que preciso dos outros, não posso tudo, etc .
Outra situação é um medo constante, uma situação de alerta de que a qualquer
momento pode acontecer situações que não posso prever. Fragilidade pode ser
a impressão que a família tem de que tem que poupar o seu ente querido de
esforços físicos e de saber sobre situações desagradáveis - porque acham que
ele ficou fraco, não vai conseguir, deve ser poupado, ou ainda porque é como o
pacientes se sente - frágil, fraco, fragilizado.

14:33:43 -

fala para convidado: Após todo o tratamento a pessoa fica depremida
a ponto de se tornar violenta?

14:35:19 -

convidado : A depressão normalmente não se associa a
comportamento violento. Até mesmo porque interfere com a vontade.
Entretanto, uma apresentação clínica da depressão é a irritabilidade. Algumas
pessoas falam que estão irritadas com barulho, impacientes com as crianças, e
por vezes se excedem. O mais comum é que a depressão torne as pessoas
apáticas, com uma redução das respostas em relação ao meio em que vivem, e
se isolam.

14:38:15 -

Mari fala para convidado: dra. é mais dificil a recuperação de uma
pessoa depressiva com cancer?

14:40:23 -

convidado : ´Vou tentar responder essa pergunta difícil e boa! A
maioria dos casos que atendo são depressões de leve a moderada, e portanto
são fáceis de tratar, respondem rápido. Muitas pessoas que passam pela
experiência de ter tido câncer, essa é a minha impressão, tem uma atitude que
é "não tenho tempo para perder" e talvez não valorizem tanto os aspectos
negativos , talvez passem a evitar sofrimentos desnecessários. Outros
pacientes cujos quadros depressivos eram graves, com sintomas com muita
intensidade, não comiam, não queriam falar com pessoas, não queriam
atendimento médico, não aceitavam os tratamentos, foram casos difíceis de

14:46:26 -tratar. Demoraram mais tempo. Seria bom se pudessem ter sido identificados
quando os sintomas eram leves e mais fáceis de tratar.

moderador : Cadastre-se na ABRALE e tenha acesso aos nossos
materiais informativos, conteúdos, receba nossa revista, saiba dos eventos,
apoio jurídico e psicológico. Para solicitar seu cadastro ligue gratuitamente para
0800-7739973

14:46:50 -

: As pessoas acham que temos que ficar alegres, sempre otimista, mas
as vezes da vontade de ficar triste e se permitir ficar triste é normal?

14:47:56 -

convidado : Lili, sim a tristeza é um sentimento que faz parte da vida.
Exigir uma cara de alegria e felicidade quando vc tem que encarar uma série de
situações difíceis, não é humano e nem amigo, e também não é empático. Faz
parte do processo : chorar, e também enxugar as lágrimas. Respirar e encarar
também faz parte. As vezes até alivia, não é. Choro diário, emocionar-se a todo
momento, ficar lábil, chorando por qualquer motivo, é diferente, pode indicar
uma alteração do humor, instabilidade emocional ou depressão.

14:56:04 -

Mari fala para convidado: dra. é verdade que guardar rancor ou sentir
raiva de alguém pode nos gerar um cancer? há estudos sobre isso? ou que
comprovem?

14:58:36 -

convidado : Esse é um mito porque então somente pessoas que
ficaram com rancor ou raiva teriam câncer. Esse mito não é aceitável e deve ter
origem nos preconceitos com o câncer, visto como castigo, uma punição. Ter
raiva e rancor não fazem bem para ninguém, e podem causar mal-estares
como dores de cabeça e estômago,mas essa relação com o câncer é fruto de
idéias preconceituosas e mitos.

15:02:10 -

moderador : O chat está encerrado, obrigado a todos que
participaram. Muitas perguntas não puderam ser respondidas por falta de
tempo, para isso peço que encaminhem suas dúvidas para
abrale@abrale.org.br .

15:02:22 -

moderador : Obrigado Dra. Sara pela disponibilidade, a ABRALE
agradece sua colaboração. Fique a vontade caso queira deixar uma mensagem
aos participantes.

15:02:43 -

convidado : Foi muito bom responder as perguntas e espero que
possam ajudar as pessoas a ficarem alertas para sintomas depressivos que
podem passar despercebidos por familiares e também pelos profissionais de
saúde. Depressão é uma doença. Não é fraqueza. O câncer e os tratamentos
utilizados aumenta em 3 vezes a chance de vir a ter um quadro depressivo, e
duas perguntas pode ajudar: Você tem se sentido deprimido a maior parte do
tempo? Você se sente incapaz de sentir prazer fazendo as suas atividades
habituais? Caso a resposta seja sim, as pessoas devem ser encaminhadas para
um psiquiatra, um médico de homens e de almas, e não um médico de
"loucos".

15:07:48 -

moderador : A ABRALE realiza chat com especialistas todas as
semanas, acesse www.abrale.org.br e participe!

15:07:52 -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe o seu endereço eletrônico pra que eu possa enviar resposta.